MITOS E VERDADES

ANÁLISE PROFISSIONAL

Especialista em educação financeira analisa mitos e verdades da Bolsa de Valores

A Bolsa de Valores terminou 2019 com alta de 32% em relação ao final de 2018, número que só foi possível graças à chegada do pequeno investidor ao mercado de ações. O Ibovespa, principal índice acionário do país, saiu de 87 mil pontos em 2018 para 115.645 pontos no final do ano passado. Essas altas podem ser explicadas pela frustração do brasileiro com o rendimento da renda fixa. Para 2020 a taxa Selic deve continuar baixa, no início do mês de fevereiro o índice atingiu seu menor nível da série histórica, 4,25% ao ano.

A tendência é que com o menor rendimento da poupança, mais pessoas comecem a migrar para a Bolsa de Valores. Por isso, o educador financeiro Uesley Lima analisou alguns dos principais mitos e verdades deste meio de investimento.

“O brasileiro, infelizmente, não possui educação financeira, isso cria lacunas para sua economia pessoal e distorce a maneira como você enxerga os investimentos, por isso, vemos muitos mitos sobre a bolsa de valores”, analisa Uesley.

1. Apenas especialistas conseguem lucrar na bolsa de valores

Mito. A bolsa de valores requer sim um certo conhecimento, bem como dedicação para aprender e prática com o tempo, porém não é necessário ser um especialista em economia ou finanças para começar a operar ações e fazer dinheiro na bolsa, pessoas bem informadas, que buscam conhecimento e querem aprender, conseguem sim, aplicarem na bolsa de valores e fazerem seu dinheiro render.

2. Apenas ricos podem investir na bolsa de valores

Mito. Não existe um valor mínimo para investir na bolsa, existem sim ações que custam muito pouco. Porém, como tudo na bolsa de valores, você precisa de um conhecimento e uma estratégia traçada. Com uma bom plano e paciência é possível ganhar dinheiro com uma quantia menor investida.

3. Ganhar muito dinheiro e ficar rico da noite para o dia

Mito. É possível ganhar muito dinheiro na bolsa de valores, porém isso dificilmente acontecerá da noite para o dia. Investir em ações demanda um trabalho estratégico e paciente, assim você conseguirá planejar resultados a médio e longo prazo.

4. Bolsa de valores é um jogo de aposta, como nas lotéricas e cassinos

Mito. Existe uma serie de trabalho de análises para identificar oportunidades na bolsa
de valores, isso não é feito por meio de adivinhação.
A análise fundamentalista fornece informações sobre a saúde da empresa, pensando
no mais longo prazo, enquanto a análise técnica utiliza padrões gráficos para
identificar oscilação dos preços e determinar oportunidades para o curto prazo.

“A renda fixa renderá cada vez menos. A tendência é que essa migração da renda fixa para a variável seja cada vez maior. Estamos percebendo uma mudança no perfil do investidor brasileiro”, afirma Lima.
O especialista ainda recomenda que o investidor iniciante em ações, que estava acostumado com renda fixa, ou até os novos investidores estudem e comecem a conhecer como funciona o processo de aplicação nesse tipo de ativo. “Esses mitos e desinformações precisam acabar. Hoje existem muitas maneiras diferentes de aprender, muitos canais e sites especializados que podem dar o ponta pé que você precisa para investir em renda variável”.

5. Usar as ações como uma opção para aposentadoria

Verdade. Cada operação na bolsa deve ser pensada com um planejamento futuro. Aplicar em ações pensando na rentabilidade futura é uma ótima estratégia para quem não quer só depender da aposentadoria tradicional.

6. Investimento na bolsa de valores é acompanhado de risco

Verdade. Assim como qualquer tipo de investimento, a bolsa de valores é acompanhada de riscos. Por isso é muito importante estudar, se preparar e se planejar. A educação financeira é o melhor caminho para aperfeiçoar seu conhecimento e aprender a gerir as diferentes formas de investimento.

7. Diversificação na carteira é o melhor caminho

Verdade. Essa é uma regra de mercado, o ideal é que o investidor diversifique seus produtos, procure outros tipos de investimentos e não fique preso apenas a bolsa de valores.
Mas cuidado: exagerar na diversificação também é prejudicial para seus investimentos, principalmente para quem está começando a fazer aportes e não possui valor substancial para os primeiros investimentos. Por isso, estude, se planeje, encontre alguém confiável que possa te guiar nessa nova caminhada e encontre o equilíbrio ideal.

The One Educação

contato@grupotheone.com.br

Logo-TheOne-v02_Branco.png

© Copyright Grupo The One 2014-2020

Todos os direitos reservados

Rua José Versolato, 111 – Domo Business – Sala 3712  / Centro – São Bernardo do Campo / SP – CEP 09750-730